No Ceará viaturas trafegavam a, no máx, 50 km/h.

 O comando da PM decidiu revogar uma ordem do comandante do Ronda do Quarteirão. Os carros do policiamento comunitário não terão mais limite de velocidade para atender as ocorrências. A central de monitoramento é que vai fiscalizar o limite de velocidade através de câmeras internas nas viaturas e o GPS que identifica o local do carro reproduz o velocimetro em tempo real. O coronel justifica que não ha necessidade de ultrapassar os 50 KM. Após a medida o motorista da viatura so poderá ultrapassar o limite de velocidade de 50 km em rodovias. Dentro da cidade, em casos extremos, terá que pedir autorização ao CIOPS alegando o motivo e a necessidade de aumentar a velocidade. São carros que custaram ao estado R$ 150 mil cada um. A potência é de 163 cavalos, ou seja, pode ultrapassar os 200 km por hora em segundos. A medida desagradou a Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar. Segundo o presidente, o limite de velocidade vai coibir a ação policial.Velocidade dos carros em ocorrências Central de monitoramento irá fiscalizar o limite de velocidade das viaturas 30/12/10 O comando da PM decidiu revogar uma ordem do comandante do Ronda do Quarteirão. Os carros do policiamento comunitário não terão mais limite de velocidade para atender as ocorrências. A central de monitoramento é que vai fiscalizar o limite de velocidade através de câmeras internas nas viaturas e o GPS que identifica o local do carro reproduz o velocimetro em tempo real. O coronel justifica que não ha necessidade de ultrapassar os 50 KM. Após a medida o motorista da viatura so poderá ultrapassar o limite de velocidade de 50 km em rodovias. Dentro da cidade, em casos extremos, terá que pedir autorização ao CIOPS alegando o motivo e a necessidade de aumentar a velocidade. Velocidade dos carros em ocorrências Central de monitoramento irá fiscalizar o limite de velocidade das viaturas 30/12/10 O comando da PM decidiu revogar uma ordem do comandante do Ronda do Quarteirão. Os carros do policiamento comunitário não terão mais limite de velocidade para atender as ocorrências. A central de monitoramento é que vai fiscalizar o limite de velocidade através de câmeras internas nas viaturas e o GPS que identifica o local do carro reproduz o velocimetro em tempo real. O coronel justifica que não ha necessidade de ultrapassar os 50 KM. Após a medida o motorista da viatura so poderá ultrapassar o limite de velocidade de 50 km em rodovias. Dentro da cidade, em casos extremos, terá que pedir autorização ao CIOPS alegando o motivo e a necessidade de aumentar a velocidade. São carros que custaram ao estado R$ 150 mil cada um. A potência é de 163 cavalos, ou seja, pode ultrapassar os 200 km por hora em segundos. A medida desagradou a Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar. Segundo o presidente, o limite de velocidade vai coibir a ação policial. São carros que custaram ao estado R$ 150 mil cada um. A potência é de 163 cavalos, ou seja, pode ultrapassar os 200 km por hora em segundos. A medida desagradou a Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar. Segundo o presidente, o limite de velocidade vai coibir a ação policial.

http://tvverdesmares.com.br/cetv2aedicao/velocidade-dos-carros-em-ocorrencias/

Comento

Cabe ressaltar a diferença em velocidade de patrulhamento, termo comumente usado na atividade policial e o atendimento emergencial.Vejamos:

Velocidade de patrulhamento é aquela em que um veículo de polícia percorre um determinado trecho de maneira a se fazer notar e, ao mesmo tempo, perceber o que se passa no seu perímetro.

Patrulhamento de emergência é que demanda uma atuação rápida e energica, levando o motorista a tomar as medidas, seguras, para a celeridade do atendimento. 

Querer limitar a ação policial em todas as circunstâncias é um absurdo.Há momentos em que é preciso uma ação imediata e a vtr precisa extrapolar a velocidade da via, como por exemplo o atendimento emergencial que a pm faz em diversos momentos. Alguns gestores de segurança pública simplemesmente desconhecem o trabalho de linha de frente e acabam por tomar atitudes  que acabam por engessar o trabalho policial.

Anúncios
Comments
2 Responses to “No Ceará viaturas trafegavam a, no máx, 50 km/h.”
  1. FRANCISCO disse:

    ESTE CEL. NUNCA CALÇOU UM CUTURNO.DEVERIA FICAR SOMENTE NOS GABINETES E SIMILARES, NUNCA ATENDEU UMA OCORRÊNCIA, POR ISSO É QUE ELE QUIZ CONTROLAR A VELOCIDADE DAS VIATURAS.

  2. ha disse:

    O Ministério Publico do Ceará já interviu a respeito e recomendou(mandou) que a PMCE retire tal ordem.

    Em suas alegações o MP diz que o interesse público deve prevalecer em relação a uma medida que só visava uma suposta conservação das viaturas tipo HILUX.

    O estado deve capacitar os motoristas e não limita-los de suas açôes, diz também o MP.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: